Feliz 2020! mas o que é ser feliz?

Publicado em: 6/01/2020 / Postado por: Coaching To Build
Feliz año
O que é felicidade? O que a ciência diz sobre como obter mais felicidade?

Os cientistas sociais a definem em dois aspectos: o lado mais emocional: quando sentimos um conjunto de emoções positivas e a ausência de emoções negativas (raiva, medo, etc.); o outro, o lado cognitivo: que tem a ver com, como você pensa que sua vida está indo e se você está satisfeito. Dizem que quanto mais satisfeitos estamos, mais felizes somos.

Portanto, para obter mais felicidade precisamos: cultivar emoções mais positivas e estar mais satisfeitos com a própria vida.

O problema que temos são as ideias preconcebidas de como alcançar a felicidade, que acabam nos levando a fazer tentativas sem sucesso e nos deixando mais frustrados.

O que a ciência diz sobre como obter mais felicidade?

Existem coisas muito simples para melhorar nosso bem-estar. Depois de estudar os hábitos das pessoas felizes, Laurie Santos, professora de psicologia da Universidade de Yale, cita 5 comportamentos que têm em comum as pessoas felizes:

1. Elas passam tempo socializando: se conectando com outros seres humanos e investindo tempo com as pessoas com quem se importam.

2. Elas pensam mais nos outros: o que é um contraponto do que se pensa socialmente sobre a felicidade pessoal, a felicidade vai além de cuidar de si mesmo. De acordo com os estudos citados por Laurie, as pessoas mais felizes não estão tão centradas em si mesmas. Eles dedicam mais tempo à caridade ou para atividades voluntárias nas quais acreditam.

Dica: Invista um pouco de seu tempo fazendo boas ações. Pense em que pode fazer hoje por alguém?

3. Elas agradecem o que já têm: a gratidão geralmente vem do reconhecimento do que você tem, mas a maior parte do tempo passamos pensando no que não está indo bem na nossa vida. Às vezes gostamos de reclamar, em vez de prestar atenção no que está indo bem. Expressar gratidão aos outros, também faz parte do comportamento identificado em pessoas felizes, além de ter um foco especial no que mais importa na vida delas.

Dica: Todos os dias lembre-se de pelo menos cinco coisas boas que aconteceram e escreva-as.

4. Elas alocam tempo para hábitos saudáveis de exercício físico e sono: estudos mostram que pelo menos 30 minutos de exercício cardiovascular por dia, reduzem significativamente os sintomas da depressão, esquecemos o quanto o exercício físico também é vantajoso para a nossa saúde mental. O sono mais ainda (o aumento de horas de sono pode reduzir os sintomas de problemas de saúde mental).

5. Elas realizam práticas para permanecer no presente: o tempo que passamos pensando, divagando sobre o passado ou ansiosos sobre o que pode acontecer no futuro, nos torna mais infelizes. É por isso que a prática da atenção plena se tornou tão popular, pois, nos ajuda a manter o foco no aqui e agora. O mindfulness, por exemplo, ajuda reduzir a ruminação mental, tanto quando praticamos meditação e no resto do dia. Além disso, ajuda a reduzir o tamanho da amígdala (parte do cérebro responsável por reações emocionais primitivas).

onde encontrar a felicidade

Onde encontrar a felicidade?

Socialmente, acreditamos que a felicidade vem apenas do fato de que coisas boas acontecem conosco, os cientistas provaram que fazer coisas boas para os outros gera muito mais felicidade para si. Infelizmente, existe um fator social que pode ser uma barreira para boas ações, ou seja, as pessoas não estão acostumadas a receber e se de um dia para o outro, você compra um café para seu colega de trabalho ou elogia o bom gosto que ele tem na hora de escolher a roupa dele, talvez corre o risco de ser mal interpretados. Então, precisamos criar um plano de contingência, se você vive em um ambiente em que as pessoas não estão acostumadas a receber esse tipo de atenções, vá devagar, no final, todos nós, seres humanos, gostamos de sentirmos apreciados.

Sumarizando, segundo Laurie Santos a felicidade tem dois componentes: um emocional e outro cognitivo; ela diz que muitas vezes erramos ao pensar que seremos mais felizes se mudarmos nossas circunstâncias: se mudamos de trabalho, de chefe ou de relacionamento; e é aí que nós, os privilegiados, estamos errados. Uma vez que nossas necessidades básicas são atendidas (teto e comida), a fonte da felicidade vem da predominância de emoções positivas durante o dia, e da maneira como pensamos e julgamos nossa situação atual (o que nos faz sentir mais ou menos satisfeitos); mas se, por exemplo, você é um refugiado ou vive em um ambiente de violência doméstica; mudar suas condições lhe trarão felicidade, sem dúvida; por isso você deve procurar maneiras de mudar suas circunstâncias.

O ponto é que a maioria de nós está bem e não sabemos como apreciar o que temos. Nossas circunstâncias são muito boas, então nossa felicidade virá da mudança de nossos comportamentos. Hoje, temos ferramentas que ajudam a desenvolver a felicidade cognitiva por meio do treinamento de novas formas de pensar, que ajudam a aumentar a predominância de emoções positivas em seu dia a dia e a conquista de seus objetivos, o que leva naturalmente a um aumento da satisfação pessoal/profissional. Os processos de coaching, grupos de desenvolvimento comportamental, terapia, etc., qualquer que seja o método de sua preferência, que o ajude a desenvolver sua maturidade emocional em sua vida pessoal e profissional, trará um aumento na satisfação e nos comportamentos que o levam a conquistar um maior bem-estar.

É importante ter em mente que concentrar-se em obter sua felicidade, não faz de você uma pessoa egoísta, estudos científicos mostraram que as pessoas mais felizes estão mais dispostas e capazes de ajudar os outros.

Finalmente, ser feliz não significa que devemos ser positivos e sorrir o tempo todo, é importante ter uma visão realista das circunstâncias e se algo de ruim está acontecendo, é necessário pensar sobre isso e pensar em como resolvê-lo. Portanto, ser apenas positivo não é o que nos levará à felicidade; é importante poder pensar no que acontece, que às vezes não é uma coisa muito boa; mas você precisa resolvê-lo para poder alcançar suas metas e objetivos. Então, quando falamos de felicidade, não é para sorrir o tempo todo, falamos de ter bem-estar sustentável e para que isso aconteça, precisamos saber como resolver problemas e as questões da vida cotidiana, saber aceitar a realidade como ela é, agradecer, sentir-se parte da comunidade e fazer algo por ela.

Se você quiser saber mais sobre a felicidade no trabalho, entre em contato.

Compartilhe conhecimento:

Acreditamos que a trouca de conhecimentos contribui para a nosso crescimento e evolução.

Cadastre se em nosso Newsletter e trilhe seu próprio caminho.

Uma equipe de

Parceiros

Focada em processos para o seu aprimoramento.

Notícias e Novidades

Quatro maneiras que o apoio social torna você mai ...


A disponibilidade de suporte social em todas as suas formas, todas elas importam e nos ajudam a enfrentar desafios.

Quem não deseja ter equilíbrio emocional, satisf ...


Todos queremos ter paz e equilíbrio emocional, felicidade e satisfação na vida, mas: será que sentados sem fazer nada, é o caminho

O líder em tempos de crise


Nossos hábitos emocionais e comportamentais ficam muito mais expostos.

Iniciar bate-papo
Iniciar bate-papo
Olá,
Ficou com alguma dúvida ou precisa de alguma informação?
Powered by

Endereço/Address

Av. Brigadeiro Faria Lima 2355 - 4º andar, conjunto 410 - São Paulo, Brasil.
Rua Visconde de Pirajá 351 - Ipanema, Rio de Janeiro, Brasil.

Telefone/Phone

+55 11 99550.9669
+55 11 99550.9669

E-mail

juleymar@coachingtobuild.com